ROTEIRO DOS MUSEUS


Os museus, no decorrer dos séculos, passaram a assumir um papel

importante na interpretação da cultura e da educação dos povos.


E os imigrantes trouxeram consigo o desejo de preservação da história

através da guarda e do cuidado com os testemunhos materiais do

ser humano e do seu entorno, para a educação e deleite da sociedade.


No Vale Europeu os visitantes podem conhecer ainda mais da história e

da vida da nossa sociedade visitando esses tesouros preservados.


Segue a seguir a relação dos Museus


BLUMENAU

Museu da Família Colonial

Alameda Duque de Caxias, 78 - Centro

Aberto de terça à sexta-feira das 09:00 às 17:00 h. Sábados, domingos e feriados, das 10:00 às 16:00 h.
Entrada gratuita: todas as quartas-feiras, crianças até 8 anos e idosos acima de 60 anos.
O museu preserva pertences do fundador, colonizadores e famílias que moram em Blumenau

ao longo da sua história.

No seu interior encontram-se mobiliários, vestimentas, acessórios, utensílios de uso doméstico e

maquinários, totalizando um acervo de mais de 6.000 peças.

Nos fundos do complexo do Museu localiza-se o horto florestal. Neste espaço encontram-se árvores

plantadas pelo fundador da cidade.

www.arquivodeblumenau.com.br

47-3381-7516


Museu de Arte de Blumenau

Rua 15 de Novembro, 161 - Centro

Funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 08:00 às 12:00 h e

das 13:30 às 17:30 h.

Sábados, domingos e feriados, das 10:00 às 16:00 h.
É o maior e mais importante registro cultural das artes plásticas da cidade,

contando com um acervo de mais de 400 obras.

Tem como objetivo principal, a socialização da arte em todos os seus níveis,

ajudando a formar cidadãos mais críticos e conscientes do papel fundamental

da cultura para a nossa vida.

A idéia é criar a integração da escola com o Museu, promovendo trabalhos de extensão,

despertando a sensibilidade para a cultura em geral.

Em suas instalações são realizadas diversas exposições ao longo do ano.

www.fcblu.com.br 

47-3381-6590


Museu Hering

Rua Hermann Hering, 1.790 - Bom Retiro

Composto por um acervo histórico e multimídia através de um espaço multiuso,

interativo e moderno, que associa a preservação das referências históricas

com o conceito da inovação da marca dos dois peixinhos.

Um lugar para a observação e o conhecimento, onde o empreendedorismo e

a criatividade destacam-se nos mais de 130 anos de história da Cia. Hering.
Horário de Atendimento: terça à sexta feira das 09:00 às 18:00 h.

Sábados, domingos e feriados das 10:00 às 16:00 h.
Entrada gratuita.
Informações adicionais:
museu@hering.com.br  /  www.museuhering.com.br 

47-3321-3340  /  3321-3341


Museu de Hábitos e Costumes

Rua 15 de Novembro, esquina com a Rua Alwin Schrader - Centro

Idealizado pela Fundação Cultural de Blumenau, com o apoio do

Sr. Wandér Weege e Sra. Laurita Karsten Weege, da Pericó-Malwee,

reune mais de cinco mil objetos antes guardados em 75 malas pela

Sra. Ellen J. Weege Vollmer.
No local, além de exposições, os visitantes poderão fazer pesquisas sobre

hábitos e costumes, contanto indumentárias, brinquedos e objetos de uso da

região desde o final do Século XIX até os anos 70 do Século XX.

A coleção de objetos, aliás, pertence a família Weege.

O museu registra a magnitude da Sra.Ellen J. Weege Vollmer

pelo carinho e cuidado, bem como o gesto de doar sua coleção de valor histórico.
O visitante terá a oportunidade de ver representadas na diversidade da moda,

do brincar, hábitos e costumes de Blumenau e região.

Ingresso: gratuito nas quartas feiras.

Segundas, terças, quintas e sextas feiras, R$ 3,00 - R$ 1,50 = meio ingresso.

Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 09:00 às 17:00 horas.

Sábados, domingos e feriados, das 10:00 às 16:00 horas. 
Informações adicionais:
47-3381-7979


Mausoléu Dr. Blumenau

Rua 15 de Novembro, 161 - Centro

Inaugurado em 1974, pelo Prefeito Felix C. Theiss, ano do sesquicentenário

da Imigração Alemã no Brasil, abriga os restos mortais do Dr. Hermann Bruno Otto Blumenau,

fundador da cidade, e seus familiares.

Sua construção foi idealizada pelo professor e historiador José Ferreira da Silva.

A estátua de bronze do fundador, erguida em 1940, foi modelada pelo escultor

Francisco Andrade, da Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro.
Horário de funcionamento: de 2ª. a domingo (inclusive nos feriados), das 10:00 às  16:00 horas. 

www.arquivohistoricoblumenau.com.br 
47-3381-7514


Museu de Ecologia Fritz Müller

Rua Itajaí, 2.195 - Vorstadt

Aberto diariamente, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

Construído em 1856, a partir de 1936 passou a ser sede do museu

que conta a história do cientista alemão Fritz Müller, 

que dedicou sua vida ao estudo da fauna e da flora catarinense.

O acervo é composto por animais taxidermizados (empalhados),

insetários, fósseis, ossos de espécies em extinção da Mata Atlântica,

pertences de Fritz Muller e uma biblioteca especializada em temas ambientais.

Nos jardins, há espécies plantadas e estudadas pelo sábio.

Possui estrutura para atendimento de portadores de necessidades especiais.

47-3326-6890


Museu dos Clubes de Caça e Tiro de Blumenau
Rua Dr. Pedro Zimmermann, 10.377 - Itoupava Central Funcionamento: 
De quarta à sexta-feira, das 10:00 às 16:00 h. 
Sábados, domingos e feriados, das 10:00 às 15:00 h. Terças feiras, somente expediente interno, das 10:00 às 16:00 horas. Ingresso: gratuito.
Ocupando uma área de 475 metros quadrados, o Museu dos Clubes de Caça e Tiro possui cinco ambientes de exposição, contendo medalhas, alvos, troféus, armas, bandeiras, trajes, painéis textuais, iconográficos, faixas de reis, rainhas, cavalheiros e princesas, alem de utensílios como pinos de bolão e marcadores. O visitante, ao circular pelo Museu, toma conhecimento do contexto histórico e das variáveis sócio-culturais de centenas de pessoas que a história registra.

www.museuclubesdecacaetiro.com.br

47-3339-0590  


Museu da Cerveja

Rua 15 de Novembro, 160 - Centro

Funcionamento:

De segunda à sexta-feira, das 09:00 às 17:00 h.

Sábados, domingos e feriados, das 10:00 às 16:00 h.
O Museu da Cerveja foi inaugurado em 24 de setembro de 1996. Conta com uma coleção de peças que pertenceram à antiga Cervejaria Feldmann, de Blumenau, e acervos da Cervejaria Brahma. São peças antigas que mostram os equipamentos utilizados na fabricação de cerveja, objetos, fotografias, documentos e textos, contando a história do precioso “pão liquido”.

www.turismoblumenau.com.br

47-3326-6791


Museu do Cristal

Rua Rudolf Roedel, 233 - Salto Weissbach

Oferece peças e ferramentas antigas da fabricação do cristal, do mundo inteiro, 

principalmente da Europa. Permite visitação à fábrica de cristal, de segunda à sexta-feira,

das 09:00 às 13:30 horas.

Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 09:00 às 18:00 horas.

Sábados, das 09:00 às 13:00 horas.

Ingresso: gratuito.

47-3327-1261      www.cristaisdimurano.com.br    glaspark@@netron.com.br 


BRUSQUE

Museu Arquidiocesano Dom Joaquim
Localizado no Vale de Azambuja, é considerado o maior e mais

completo museu de arte sacra popular do Brasil.

Ocupa um prédio construído em 1907, onde podem ser visitadas

sacristias com objetos populares autênticos, entre eles:

imagens e crucifixos rústicos, altares, vias sacras, livros

(inclusive uma Bíblia impressa em 1578, um missal de 1751 e um breviário de 1758),

zoologia, mineralogia, botânica, etnologia e arqueologia (tudo sobre índios),

instrumentos e partituras musicais, sala de armas, etc.
Rua Azambuja, 960 – Bairro Azambuja

https://azambuja.org.br/museu
47-3396-0296


Casa de Brusque - Museu Histórico e Geográfico Vale do Itajaí Mirim

Apresenta um rico acervo que registra a colonização da região.

Os conjuntos, Família Brusque, Indústria Têxtil, Jogos Abertos, Centenário e

Schützenverein (Sociedade de Atiradores), ao lado de centenas de documentos e

fotografias, resgatam a trajetória histórica da gente brusquense, desde o período da colonização.

Avenida Otto Renaux, 285 – Centro

47-3351-2132


JARAGUÁ DO SUL

Museu Wolfgang Weege - Parque Malwee 
Expediente: de segunda à sexta-feira, das 10:00 às 12:00 h.

e das 13:00 às 17:00 h.
Sábados e Domingos: das 09:30 às 12:00 h e das 13:30 às 17:00 h.
Feriados: das 13:00 às 17:00 h.
A iniciativa da criação de um museu partiu do Sr. Wolfgang Weege,

que tinha grande interesse em colecionar objetos.

Durante os anos que se seguiram após a fundação do museu,

o acervo foi enriquecido até chegar a 1.700 objetos,

atualmente distribuídos em três espaços, relatando o cotidiano da

empresa Malwee Malhas e da comunidade Jaraguaense.
Rua Wolfgang Weege, 770  – Parque Malwee. 
47-3376-0114


Museu Histórico Municipal Emílio Silva
Expediente: de terça à sexta-feira: das 08:30 às 11:30 h e das 13:30 às 16:30 h. 

Quartas-feiras  até às 21:30 h.
Sábados: das 09:00 às 12:00 h.
Domingos: das 15:00 às 18:00 h.
O museu retrata a história da cidade através de quatro salas temáticas,

onde estão expostos o cotidiano dos jaraguaenses desde sua

colonização até os dias atuais.

Uma sala é reservada aos pracinhas de Jaraguá do Sul que

defenderam as cores brasileiras na Itália durante a segunda guerra mundial.

No piso superior há uma sala de exposições itinerantes,

onde ficam os objetos das mais diversas exposições que percorrem o Brasil.
Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, 247 – Centro. 
www.museu.jaraguadosul.com.br
47-3371-8346


Museu Weg
Expediente: de Segunda à Sexta-feira, das 09:00 às 11:30 h e

das 13:30 às 16:30 h.

Quartas-feiras até às 21:00 h.
Sábados: das 09:00 às 11:30 h.
Domingos: das 14:00 às 16:00 h.
Atividade: o museu conta a história da empresa WEG relacionada

com a história e o crescimento de Jaraguá do Sul, e várias curiosidades.
Avenida Getúlio Vargas, 667 – Centro. 
www.museuweg.com.br/prt/index.html
museu@weg.com.br
47-3275-0941


Museu da Paz
Funcionamento: de Segunda à Sexta-feira.
Horário: 08:00 às 11:30 h e das 13:00 às 17:00 h.
O Museu da Paz apresenta aos visitantes a história 
da participação do Brasil, em especial os soldados da 
região do Vale do Itapocu, na segunda guerra mundial. 
Avenida Getúlio Vargas, 405 - Centro
47-2106-8700


Museu di Ferramenta d´Afari dei Nonni
Funcionamento: de Segunda à sexta-feira, das 08:00 às 12:00 h.
OBS.: atendem em outros horários com agendamento.
Atividade: o museu retrata a vida dos imigrantes italianos através

de seus objetos e ferramentas e está localizado em um bairro

com grande concentração de descendentes de imigrantes italianos.
Rua Carlos Frederico Ramthum, 17.182 – Santa Luzia. 
47-3274-8024


Museu do Imigrante
Expediente: de Segunda a Sábado, das 08:00 às 19:00 h.

Sábados, das 09:00 às 15:00 h.
O museu retrata como eram as residências dos primeiros colonizadores

através de mobiliário e utensílios originais, doados pelos descendentes

dos primeiros imigrantes.

Funciona junto com o posto de informações turísticas Casa do Colonizador.
Avenida Prefeito Waldemar Grubba, 1.811 - Baependi.
47-3275-2146


LEOBERTO LEAL

Museu Lindolfo

Possui objetos do cotidiano e de produção usados pelos colonizadores do município.

O museu é aberto ao público, gratuitamente, mediante agendamento.

Praça Silvéria Ferreira de Campos, s/nº – centro

48-3268-1143


NOVA TRENTO

Museu da Cultura Italiana  

Situado em região privilegiada cercado pela mata Atlântica e aos pés do

Santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro.

O museu expõe mais de 5 mil peças, dentre estas:

Um engenho de farinha de mandioca;

A casa do colono e a casa do rádio;

Utensílios domésticos, notas e moedas, relógios,

Fotos antigas, ferramentas e instrumentos agrícolas;

Capela;

Lagoa com peixes;

Trilhas com identificação da flora; 

Réplicas em miniatura de engenhos e de alguns pontos  turísticos de Nova Trento.

Abre diariamente, das 08:30 às 17:00 h.

Endereço: Estrada Geral Morro da Cruz, s/nº

48-3267-0028


O Casebre

Faz parte do Complexo do Santuário Santa Paulina. É uma réplica da construção original,

onde a Madre Paulina se dedicava a cuidar da saúde das pessoas.

Encontram-se também nesse casebre, erguido em 1988, documentos do nascimento,

batismo, crisma da Santa Paulina, assim como a certidão do casamento de seus pais e

uma foto da casa onde a Santa nasceu em Vígolo Vattaro, na Itália.


POMERODE

Museu Pomerano
O Museu Pomerano revela fragmentos dos mais variados tipos e tamanhos que, em conjunto,
se encaixam na tentativa de reconstruir parte da história do município a partir da chegada dos
imigrantes europeus, no século XIX. São peças de couro, tecido, madeira, vidro, metal ou
porcelana, sendo a maior parte do acervo adquirida do colecionador Egon Tiedt que, desde 1982,
expunha os objetos em um museu particular. Agora, sob a tutela do novo Centro Cultural de Pomerode - FCP,
as peças integram o primeiro museu pomerodense restritamente ligado à iniciativa pública.
O museu é o primeiro espaço do novo Centro Cultural de Pomerode.
O complexo ainda inclui biblioteca, salas de música, dança e um teatro semi-arena,
entre outros ambientes.
Aberto de 3ª à 6ª feira, das 10:00 às 11:30 h e das 13:00 às 17:00 h.
Sábados, domingos e feriados, das 10:00 às 16:00 h.
Cobra-se ingresso.
Rua Hermann Weege, 111 – Centro
culturapomerode@terra.com.br
47-3387-0408
 
Museu do Imigrante Carl Weege
O Museu Casa do Imigrante é parte do patrimônio deixado pelo imigrante pomerano Carl Weege,
que se fixou em Pomerode na região onde hoje se localiza o bairro Pomerode Fundos.
Reconstruído com autêntica construção enxaimel e decoração típica da colonização alemã,
o local conta com a exposição de móveis antigos, roda d’água, rancho com moenda de cana de açúcar,
prédio da atafona (moinho de fubá de milho) e a Praça Lauro Guenther.
Aberta de 3ª a domingo, das 09:00 às 12:00 h e das 13:00 às 17:00 h.
Na 2ª feira, aberto das 13:00 às 17:00 h.
Rua Leopoldo Blaese, 11 – Pomerode Fundos
47-3387-2613


Museu Behling do Marceneiro

O Museu do Marceneiro conta a história dos Móveis Behling, empresa familiar que atua em

Pomerode desde a década de 50, do século passado. O museu contrasta passado e presente,

com a exibição de uma roda d’água e equipamentos utilizados desde a época em que a

indústria era apenas uma marcenaria. Anexo, loja da fábrica.

Aberto de 2ª à 6ª feira das 09:00 às 12:00 h e das 13:00 às 18:00 h.

Sábados, das 09:00 às 13:00 h.

Nos meses de Julho, Outubro, Dezembro e Janeiro, abre aos domingos e feriados das

10:00 às 15:00 h. Horários especiais, com agendamento.

Rua Alfredo Hoge, 523 - Centro

www.behling.ind.br / loja@behling.ind.br

47-3387-2073


Casa do Escultor Ervin Curt Theichmann

Abriga inúmeras obras do escultor homônimo. São diversas peças talhadas em madeira,

cujo principal motivo são figuras do cotidiano, como lavradores, pescadores, operários,

peões e cavalos. Também encontram-se em exposição pinturas a óleo, aquarelas e

moldes em barro e porcelana feitos pelo artista.

Natural de Kiel, norte da Alemanha, Teichmann chegou ao Brasil ainda criança, em 1914.

Faleceu em 1992, aos 85 anos.

Aberto de terça a domingo, das 13:00 às 17:00 h.

Rua 15 de Novembro, ao lado do Portal Turístico Sul – Centro

47-3387-0282


RODEIO

Museu Trentino e Circolo Trentino di Rodeio

Rua Barão do Rio branco, s/nº - Centro

O museu apresenta em seu espaço a cultura italiana do povo Rodeiense.

Informações adicionais: 47-3384-0161 (fone/fax)


TIMBÓ

Museu da Música – Salão Hammermeister

Rua Edmundo Bell, s/n - Rodovia SC 477 - Km 5 - saída para Benedito Novo.

www.culturatimbo.com.br  /  museudamusica@culturatimbo.com.br 

47-3399-0418

Mais de mil peças de instrumentos musicais de cinco séculos expostos em um antigo salão de bailes,

construído no início do século passado. Além de instrumentos musicais, dos mais variados tipos e épocas,

possui coleções de gravuras, métodos, livros e desenhos técnicos, tendo como idealizador o

Pastor Luterano Hans Hermann Ziel.

Mensalmente, a cada 3º domingo, acontece o Café Musical, das 9:30 às 11 horas, com apresentações,

cada vez com um grupo musical diferente. Antes do início é servido um café. Além disso, mensalmente, e

durante o mês todo, ocorre uma exposição diferente de artes.

Funcionamento: de 3ª a domingo das 08:30 às 11:30 h e das 13:30 às 17:30 h. Cobra-se ingressos.


Museu do Imigrante

Avenida Getúlio Vargas, 211 - Centro

47-3382-9458

Junto ao Complexo Turístico Jardim do Imigrante. É um lugar para contemplar a memória, a história,

nossa identidade, através do mobiliário dos habitantes da época e do morar e viver de nossos ancestrais,

como integrante da Memória da Cidade, sentindo-o histórico e dinâmico.

Funcionamento: de 3ª a domingo, das 8:30 às 11:30 h e das 13:30 às 17:30 h.

Cobra-se entrada. Inteira: R$ 2,00. Meia: R$ 1,00.

Ingresso gratuito para escolas.


Casa do Poeta Lindolf Bell

Rua Quintino Bocaiuva, 902 - Bairro Quintino

www.lindolfbell.com.br 

47-3399-2074

Centro de memória, objetiva preservar vivo o estilo de vida do grande poeta timboense.

É composto de documentos, fotografias, livros de poesias, poemas e contos.

O acervo compõe-se de móveis, obras de arte, indumentária, troféus e objetos diversos. 

Funcionamento: de 3ª à domingo, das 08:00 às 11:30 h e das 13:30 às 17:30 h.